publicidade

ECONOMIA

BNDES pretende devolver R$130 bi ao Tesouro Nacional em 2018, diz diretor

por Mateus Carmo no dia 12 de janeiro de 2018 às 08:30
Foto: (Reprodução)

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), informou nesta quinta-feira (11) através de seu diretor de planejamento Carlos da Costa que o grupo está trabalhando com a meta de devolver R$ 130 bilhões ao Tesouro Nacional em 2018.

O diretor da instituição, entretanto informa que até o momento não existe uma data exata para devolução do valor. A informação foi passada durante a apresentação das novas políticas operacionais do Banco.

Nos anos de 2008 e 2014, a instituição recebeu da União empréstimos que totalizam cerca de R$532 bilhões. Em 2016, o BNDES devolveu cerca de R$100 bilhões e, em 2017 o grupo devolveu o equivalente a R$50 bilhões. Para o ano de 2018, foi solicitado mais de R$130 bilhões. O Banco Central planeja que, se não houver esta devolução, a dívida do setor público pode chegar a perto de 80% do Produto Interno Bruto (PIB).

"Estamos melhorando o nosso país e para isso precisamos de um equilíbrio sustentável das contas públicas. Não há país que cresça e se desenvolva com as contas desequilibradas. Isso não é suficiente, porque tem país muito pobre com as contas públicas equilibradas, mas é necessário. Então trabalhamos juntos com o governo. E estamos trabalhando para chegar aos R$130 bilhões de devolução", informou.

O diretor do BNDES informou que o valor é compatível com as projeções do banco. No entanto preferiu não afirmar que irá devolver os R$130 bilhões. ‘’Não podemos falar isso porque seria irresponsável " disse Costa. * Com informações da agência Brasil.

 

LEIA TAMBÉM:

 

Notícias: ECONOMIA
por Alessandro Granda no dia 18 de janeiro de 2018 às 16:39 em

publicidade

publicidade

© Copyright 2016 - Radar da Bahia - Grupo Radar