publicidade

CIDADE

Promotores têm cinco dias para entrar com recurso no TJ-BA contra Kátia Vargas

por Isabela Rocha no dia 07 de dezembro de 2017 às 09:46
Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (6), o júri popular absolveu a médica Kátia Vargas, mas a decisão cabe recurso. A acusação (Ministério Público e assistência) tem cinco dias para entrar com recurso no Tribunal de Justiça (TJ-BA). Os recursos podem passar pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do jornal Correio.

A família dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, 21 e 23 anos, mortos no acidente de trânsito em 11 de outubro de 2013, disse que vai recorrer da decisão. “Cabe recurso. Vamos recorrer. Deus está no controle”, disse a mãe dos irmãos, a enfermeira Marinúbia Gomes, após a decisão.

A acusação também garantiu que não vai deixar o caso se encerrar com a primeira decisão. “Indignação, porque quatro pessoas sem compromisso com a Justiça sentaram ali predeterminadas a absolver uma pessoa que cometeu um crime bárbaro. Ou seja, elas votaram em uma coisa que nem a defesa pediu, elas negaram. Ou seja, é como se dissessem que aqueles dois jovens tivessem se matado, que ela não estava ali. Absurdo”, declarou o promotor Davi Gallo, ao Correio.

 

LEIA TAMBÉM:

PM confessa que matou motorista na briga de trânsito em Luís Anselmo

Notícias: CIDADE
por Neison Cerqueira no dia 18 de dezembro de 2017 às 12:35 em
por Neison Cerqueira no dia 18 de dezembro de 2017 às 12:08 em
por Isabela Rocha no dia 18 de dezembro de 2017 às 09:44 em
por Igor Sousa no dia 18 de dezembro de 2017 às 09:40 em

publicidade

publicidade

© Copyright 2016 - Radar da Bahia - Grupo Radar