publicidade

SAÚDE & BEM ESTAR

Vitamina B3 pode ser a cura contra aborto e doenças congênitas, revela estudo

por Yan Passos no dia 11 de agosto de 2017 às 14:53
Foto: Reprodução/Internet

Uma pesquisa feita recentemente no Instituto Victor Chang, na Austrália, mostrou que o consumo de vitamina B3 pode ser a solução para evitar abortos e má formação congênita.

Segundo a BBC, para o estudo, foram analisados o DNA de quatro famílias em que as mães haviam sofrido abortos anteriores ou em que os bebês tinham nascido com problemas congênitos.

Após a análise dos genes dos participantes, os especialistas perceberam que os problemas congênitos eram provenientes de mutações em dois genes na coenzima Dinucleótido de nicotinamida e adenina – que faz com que as células produzam energia e os órgãos se desenvolvam corretamente.

Para melhor compreensão da mutação, os cientistas replicaram em roedores de laboratório, quando, depois de encontraram a motivação, descobriram uma possível cura. Pois, no momento em que os animais ingeriam niacina (vitamina B3), as mutações sumiam. A vitamina B3 é uma vitamina hidrossolúvel que está presente em alimentos como o frango, o atum, o salmão, o amendoim e o extrato de tomate etc.

Apesar dos bons resultados, os estudiosos encarregados da pesquisa ressaltam que as conclusões não podem ainda dar origem a recomendações, sendo que é preciso apurar mais a fim de validar ou anular a tese.

publicidade

publicidade

© Copyright 2016 - Radar da Bahia - Grupo Radar